Notícias

Caso Lázaro: após caseiro negar depoimento dado anteriormente, Justiça pretende soltá-lo

Na audiência de custódia, o caseiro Alain Reis negou o primeiro depoimento depoimento dado na última quinta-feira (24)

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária
Caso Lázaro: após caseiro negar depoimento dado anteriormente, Justiça pretende soltá-lo
(Foto: Reprodução/ Record TV)

25 de junho de 2021 - 19:41 - Atualizado em 25 de junho de 2021 - 19:41

A Justiça pretende soltar o caseiro Alain Reis, preso junto com seu patrão por suspeita de ajudar o foragido Lázaro Barbosa, procurado pela morte de quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia (DF), por falta de provas contundentes contra o ele. 

Na audiência de custódia, o caseiro Alain Reis negou o depoimento dado na última quinta-feira (24) na delegacia, onde teria afirmado que o criminoso frequentava a casa onde trabalha, e que o fazendeiro responsável pelo local, estava ajudando a escondê-lo.

Segundo a defesa do suspeito, diante da mudança de versão, Justiça pretende soltá-lo, já que até o momento não há provas contundentes. Em relação ao outro suspeito, o fazendeiro Elmi Caetano, ainda não há definição.

Os advogados ainda confirmaram que protocolaram o pedido para que o Elmi vá para o modelo de prisão domiciliar, devido a sua idade – 73 anos – e problemas de saúde.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.