Notícias

Carvoaria clandestina é fechada e duas pessoas são presas na RMC

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

8 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 8 de fevereiro de 2019 - 00:00

No local, foram encontrados quatro fornos para a produção de carvão e centenas de troncos de eucaliptos e bracatingas (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Além disso, sacos com carvão prontos para comercialização também foram localizados na propriedade

Dois homens suspeitos de crime ambiental foram presos em Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, na última quarta-feira (6). De acordo com a polícia, um deles mantinha uma carvoaria ilegal.

Carvoaria ilegal na RMC

No local, foram encontrados quatro fornos para a produção de carvão e centenas de troncos de eucaliptos e bracatingas, totalizando 15 metros cúbicos de madeira. Além disso, sacos com carvão prontos para comercialização também foram localizados na propriedade.

A polícia chegou depois que diversas denúncias foram realizadas afirmando que estavam sendo vendidos produtos sem documentação em um mercado de Rio Branco do Sul. Em seguida, foram realizadas diligências para descobrir a origem do carvão, chegando até o local onde os homens foram presos.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Crime ambiental

Segundo o responsável pela carvoaria, ele obteve licença, mas ela estava vencida desde 2015. Ele vai responder por crime ambiental de ‘cortar e transformar em carvão madeira sem licença ambiental’. Já o comerciante, de 41 anos, foi preso por vender o carvão ilegal. Eles foram liberados após assinarem um termo circunstanciado e serem ouvidos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.