Notícias

Carli Filho: Justiça define se ex-deputado condenado em acidente será preso

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

29 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 29 de novembro de 2018 - 00:00

Julgamento de ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho começou nesta terça-feira (Foto: Reprodução/RICTV Curitiba)

Futuro de Carli Filho pode ser decidido pela Justiça nesta quinta-feira (29) ao ser julgada apelação do tempo de condenação

O Tribunal de Justiça do Paraná define nesta quinta-feira (28) o futuro do ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho, condenado a 9 anos e 4 meses de prisão por homicídio com dolo eventual. A apelação será julgado pelos desembargadores quanto à dosimetria da pena, que pode permitir o cumprimento em regime aberto ou semiaberto.

Prisão de Carli Filho

O Ministério Público do Paraná pediu para que a pena seja aumentada para 14 anos de prisão. Em contrapartida, a defesa pede para que a condenação caia para 7 anos. A decisão da 1ª Câmara Criminal pode conceder o regime semiaberto para Carli Filho, caso a pena que abaixo dos 8 anos – o ex-deputado poderia utilizar tornozeleira eletrônica.

Se a mesma pena for mantida, Carli Filho terá que iniciar o cumprimento da prisão em regime fechado. Para ter direito à progressão de regime, o ex-deputado teria que cumprir, no mínimo, um e quatro meses de prisão.

A 1ª Câmara Criminal é formada pelos desembargadores Naor Rottoli de Macedo Neto, Clayton Camargo e Miguel Kfouri.

Carli Filho compareceu ao 1º dia de julgamento. (Foto: Reprodução/RICTV)

Júri popular de Carli Filho

Em fevereiro, o júri popular condenou o ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho por dolo eventual pelo acidente envolvendo Gilmar Yared e Carlos Murilo de Almeida, em maio de 2009. Ele recebeu pena de 9 anos e quatro meses em regime fechado e ainda cabe recurso. Foram mais de 16 horas de julgamento, marcado por momentos de tensão, silêncio e emoção.

Imagem do acidente provocado por Carli Filho em 2009 (Foto: Facebook/Chistiane Yared)

 Assista à reportagem sobre o caso Carli Filho:

 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.