Notícias

CAMINHO PERIGOSO

#covid #aglomeração #pandemia #riva #rivaroli

CAMINHO PERIGOSO

7 de dezembro de 2020 - 14:38 - Atualizado em 7 de dezembro de 2020 - 14:38

MINUTO DO RIVA: MEDIDAS RESTRITIVAS SÃO SEMPRE MUITO PERIGOSAS. HÁ OUTROS CAMINHOS PARA SEGUIR?

Nós não entendemos o recado! A Covid-19, doença causada pelo SarsCov-2 ( o famoso Coronavírus) é sim perigosa e, em muitos casos, fatal.

Falado isso, claro que posso te garantir que ela derruba, te deixa com sintomas terríveis (como começo de pneumonia), sequelas – muitas vezes irreversíveis. Confesso: nunca me senti tão mal. Tive sorte, me recuperei sem precisar de internamento, porém, sei que fui e sou um privilegiado.

Não há mais justificativas para grandes festas, como as vistas em Curitiba, no bairro Hauer, e em Piraquara.

Separei uma reportagem sobre o tema, no Paraná.

Os maiores especialistas falam no link abaixo.

https://www.bbc.com/portuguese/brasil-55201873?fbclid=IwAR0oUjzR1WgjXxmAgzMTk1VuFEbQSdutwtKT0cwn0v6ZjudOTna8gJQxJnQ

Nós erramos, por inexperiência, no primeiro fechamento; todavia, era o que se tinha de solução. Não havia, lá no começo, a infecção comunitária, que realmente justificasse uma quarentena forçada. O distanciamento seria o mais correto, como os especialistas em saúde reconhecem, hoje. Não existe a menor possibilidade de fechar tudo, novamente. Cascavel começa a testar um atendimento 24 horas, com horário marcado.

A taxa R0, que precisa estar menor que 1, hoje está em 1,36, no estado, ou seja: 100 pessoas contaminam 136, 185….e assim vai, em escala exponencial. A contaminação é comunitária e familiar, se dando em casa e nas ruas. Já não é mais possível saber de onde nos contaminamos, por isso, extremos cuidados pessoais e de higiene devem ser mantidos.

Unidades da Federação e municípios têm analisado a lei da pandemia e decretado toque de recolher, que é previsto em “estado de sítio” e só pode ser ordenado pelo Presidente da República. A interpretação desses gestores é que assim o podem fazer, portanto, enquanto não se dispõe uma interpretação do STF sobre esse quesito, devemos respeitar, mesmo que eu discorde dessas restrições de direito (falando, claro, do de ir e vir). Será que é a única solução? Com tanto desrespeito, me parece que sim, mesmo sendo algo extremado e periclitante. O poder extremo pode fascinar o governante.

Ainda se apela à nossa consciência, o melhor lugar para domarmos essa “besta fera” chamada pandemia.

Era isso, amigos!

Sorte e paz!

Vamos juntos!

Me siga nas redes sociais: @rivarivaroli e @rivarolioficial (instagram)