Mundo Animal

Do Enem pra vida: estudante adota cachorro após sair da prova

Faltavam apenas 20 minutos para o fechamento dos portões quando Alana cruzou com Enem, seu novo melhor amigo

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora

5 de novembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 5 de novembro de 2019 - 00:00

Amor a primeira vista resume a história de Alana Luizi Martins e Enem, um cachorro recém-nascido adotado pela jovem logo após sua saída da prova neste domingo (3), na região da Escola Municipal General Carlos Caetano Miragaya, na zona oeste do Rio de Janeiro (RJ).

Menina adota cachorro após prova do Enem

Faltavam apenas 20 minutos para o fechamento dos portões quando Alana cruzou com uma moça tentando doar filhotes de cachorrinhos irresistíveis.

Diante da tentação, a jovem parou para fazer carinho em um dos filhotes, o que certamente foi o suficiente pra se apaixonar e ter que sair dali com um cão pra chamar de seu.

Conforme a jovem, uma moça estava doando filhotes e Enem havia sido o único que ainda não tinha sido adotado.

“Ele foi o único que sobrou. Aí fui fazer um carinho e me apaixonei”, afirmou ela. 

A experiência de Alana foi compartilhada no grupo fechado dos “arrombadinhos fofos do ****”, página do Facebook dedicada a postagens de animais fofos.

cachorro enem adotado

(Foto: reprodução Facebook)

A postagem, que ultrapassa 17 mil curtidas, mais de mil comentários e 2,3 mil compartilhamentos, foi o que ajudou a estudante a batizar o novo amigo, já que muitos usuários afirmaram que seu nome deveria ser Enem.
Além disso, os internautas acharam a estratégia de Alana maravilhosa, já que seria loucura que Enem não fosse aceito em casa quando ainda resta uma fase da prova pela frente, né?
Nos comentários, Laís Aguiar disse: “seus pais ficarão com pena do estresse do Enem. E como ainda tem prova na semana que vem, ele ficará até lá. O suficiente para ganhar os corações”.
Por fim, nos comentários da postagem diversas pessoas relatam histórias divertidas de quando adotaram seus bichinhos, o que deixa claro que é super comum sair de casa e voltar com um cachorro nos braços.

A gente te entende, Alana!