Notícias

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, morre na manhã deste domingo (16)

Velório de Covas já está agendado para às 13h deste domingo no hall da prefeitura de São Paulo.

Giselle
Giselle Ulbrich
Bruno Covas, prefeito de São Paulo, morre na manhã deste domingo (16)
Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

16 de maio de 2021 - 10:11 - Atualizado em 16 de maio de 2021 - 10:21

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB),41 anos, faleceu às 8h20 deste domingo (16), no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista. Ele estava desde o dia 2 de maio internado, lutando contra um câncer do sistema digestivo.

O velório já está agendado para às 13h deste domingo no hall da prefeitura de São Paulo e deverá ser fechado, restrito a 20 pessoas, a pedido da família. A imprensa poderá entrar apenas em sistema de rodízio, para imagens.

Na última sexta-feira (14) a noite, o hospital já tinha divulgado um boletim de saúde informando que o prefeito teve uma piora e que seu quadro de saúde era irreversível.

Covas descobriu o câncer em 2018, quando foi ao hospital para investigar uma infecção. Num exame do pulmão, os médicos descobriram o câncer, que já tinha metástases em ossos e linfonodos. O prefeito fez oito sessões de quimioterapia e conseguiu reduzir os tumores.

Continuou o tratamento com imunoterapia e voltou a trabalhar. Foi reeleito para seu segundo mandato na eleição de 2020 e, pouco depois de assumir, em janeiro de 2021, anunciou licença de 10 dias para nova bateria de tratamento. Porém depois disto, Covas voltou a ser internado no dia 2 de maio, com agravamento da doença, já que descobriram que os tumores tinham avançado, desta vez com metástases em fígado e ossos.

Covas deixa a esposa e um filho de 15 anos. Quem assume a prefeitura é o seu vice, Ricardo Nunes (MDB).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.