Brasil

Vazamento de gás já havia matado outra pessoa no mesmo prédio onde o casal carioca foi encontrado

Uma estudante de 24 anos morreu vítima de intoxicação pelo vazamento do gás do chuveiro no mesmo andar em que o casal foi encontrado

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do Extra e do O Globo
Vazamento de gás já havia matado outra pessoa no mesmo prédio onde o casal carioca foi encontrado
(Foto: Reprodução)

25 de junho de 2021 - 10:44 - Atualizado em 25 de junho de 2021 - 10:44

Uma estudante paulista morreu por intoxicação exógena por monóxido de carbono, ou seja, devido ao vazamento de gás no chuveiro, em setembro de 2012 no mesmo prédio onde Matheus Correia Viana e Nathalia Guzzardi Marques, ambos de 30 anos, foram encontrados mortos na última terça-feira (22).

A estudante Camila Paoliello Ribeiro, de 24 anos, foi encontrada por um amigo caída dentro do box com o chuveiro ligado no apartamento 608, no mesmo andar do apartamento 601, onde o casal foi encontrado. As investigações da polícia indicam que os três jovens foram vítimas de problemas no aquecedor a gás da água que ficava nos banheiros das unidades.

Na ocasião da morte de Camila, ela foi encontrada desacordada no banho por um amigo, que viera ao Rio passar o fim de semana. O jovem relatou que, como a estudante demorara no banho, decidiu ver o que havia acontecido e a encontrou caída no box, com o chuveiro aberto.

O documento assinado pela perita legista Virgínia Rosa Rodrigues Dias, ao qual O Globo teve acesso, sobre a morte de Camila, atesta a detecção de carboxihemoglobina no sangue acima de 40%. Nessa quantidade, os sintomas apresentados vão desde forte dor de cabeça, latejamento das têmporas, fraqueza, tontura, diminuição da visão, náusea, vômito e aceleração da respiração, até o aumento da chance de colapso e síncope.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.