Brasil

Seis vítimas do acidente entre ônibus e caminhão permanecem internadas

Ao todo, 41 pessoas morreram na colisão e apenas 15 sobreviveram ao grave acidente

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Agência Brasil
Seis vítimas do acidente entre ônibus e caminhão permanecem internadas
Foto: Divulgação/Corpo Bombeiros SP

26 de novembro de 2020 - 14:27 - Atualizado em 26 de novembro de 2020 - 14:27

Seis vítimas do grave acidente entre o ônibus e o caminhão ocorrido no interior de São Paulo, nesta quarta-feira (25), permanecem internadas em unidades de saúde da região. De acordo com o governo estadual, uma delas recebe cuidados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, outra no Pronto Socorro de Avaré, duas encontram-se na Santa Casa de Avaré e duas na Santa Casa de Itaí.

Ao todo, 41 pessoas morreram na colisão e apenas 15 sobreviveram ao acidente, sendo que cinco já tiveram alta hospitalar. Quatro vítimas foram socorridas, mas acabaram morrendo a caminho do hospital, devido à gravidade dos ferimentos.

O acidente, na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249), entre os municípios de Taguaí e Taquarituba, resultou de um choque entre um ônibus que transportava funcionários de uma empresa têxtil da região e um caminhão.

De acordo com informações do governo estadual, a maioria das vítimas fatais era natural de Itaí. No entanto, o motorista do caminhão era paranaense: Geison Machado Gonçalves, de 23 anos, morava em Castro, na região dos Campos Gerais.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.