Brasil

Repórter paraense chora ao vivo ao relatar chegada dos corpos das vítimas da tragédia no Paraná

“Choro, comoção e homenagens. Nosso coração está apertado”, declarou a jornalista que não conseguiu segurar as lágrimas

Guilherme
Guilherme Becker / Editor reportagem da RIC Record TV Curitiba
Repórter paraense chora ao vivo ao relatar chegada dos corpos das vítimas da tragédia no Paraná
(FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

28 de janeiro de 2021 - 10:42 - Atualizado em 28 de janeiro de 2021 - 10:42

A repórter Danielle Monteiro, da Record TV Belém, não conseguiu segurar as lágrimas durante um link do programa Paraná no Ar, da afiliada do Paraná. Na manhã desta quinta-feira (28), em conversa com o apresentador Guilherme Rivaroli, a paraense trouxe informações sobre a chegada dos corpos das vítimas da tragédia na BR-376, que aconteceu durante a madrugada desta quinta no Aeroporto Internacional de Belém. 

Enquanto passava informações sobre o processo para liberação dos corpos, Danielle contou sobre o dia difícil para todos os paraenses. O estado do norte do país, acompanha desde o início da semana informações sobre o acidente que aconteceu a mais de 3 mil quilômetros de distância e matou 19 moradores do Pará.

“A cidade toda está de luto. Todo mundo sabe que Belém é uma cidade quente, mas hoje está nublado e está todo mundo muito emocionado. Estamos acompanhando o caso desde o início, assim como vocês (imprensa do Paraná). Nós agradecemos o jeito como vocês estão lidando com toda essa tragédia, pelo respeito, pelo acolhimento. Em nome do estado do Pará nós agradecemos muito a atenção de todos vocês. Nós estamos conversando com os familiares das vítimas, os sobreviventes e o coração fica apertado”, disse Danielle.

reporter se emociona
Danielle participou ao vivo do programa da afiliada paranaense (FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

Com a voz embargada, a repórter continuou as informações, mas quando foi dar mais detalhes sobre as vítimas não conseguiu segurar a emoção. “São pessoas que tinham saído daqui, do nosso estado e…”, neste momento a profissional chorou e recebeu o apoio do apresentador paranaense.

Após recuperar a emoção, Danielle revelou que uma pessoa muito próxima da família estava dentro do ônibus de turismo e não resistiu.

“Uma das pessoas que faleceu era conhecida da minha família há muitos anos. Nós ficamos sabendo pelas redes sociais, logo essa notícia se espalhou e nossas equipes estiveram empenhadas para apurar todas as informações necessárias para informar também o nosso povo, principalmente os parentes”, contou a repórter.

Assista a emoção da repórter:

Corpos no Pará

O avião com 18 corpos e sobreviventes do acidente na BR-376 decolou do Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite desta quarta-feira (27). Apenas uma vítima, uma criança de sete anos, foi levada para Santa Catarina, onde os pais estão morando.

No início da madrugada desta quinta-feira (28) o avião pousou no Aeroporto Internacional de Belém. Os corpos foram encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Dois integrantes do Instituto Médico Legal de Curitiba estão em Belém para acompanhar a finalização dos processos. O governo do Pará anunciou que irá ajudar familiares a fazer o translado de corpos que não são de Belém.

Assista aqui ao vídeo do momento da tragédia.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.