Brasil

Pai mata criança espancada após dificuldade em fazer o dever de casa

Na delegacia, o pai confessou o crime e afirmou que estava bêbado quando socou o filho

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do EM
Pai mata criança espancada após dificuldade em fazer o dever de casa
(Foto: Reprodução)

29 de junho de 2021 - 10:25 - Atualizado em 29 de junho de 2021 - 10:26

Um garoto de 6 anos morreu nesta segunda-feira (28) após ser espancado pelo pai em Caratinga, Minas Gerais. O pai, um homem de 26 anos, teria dado socos na criança porque ela não conseguia resolver uma tarefa da escola.

criança estava intubada na UTI pediátrica do Hospital João XXIII em Belo Horizonte. O crime, que aconteceu no último domingo (27), chegou às mãos da polícia quando a equipe médica denunciou a agressão sofrida pelo garoto.

Segundo a denúncia, o pai estava orientando o filho a resolver as tarefas da escola, que não entendia as orientações que recebia e deixou o pai irritado. O homem teria agredido o filho com socos no rosto e na cabeça e consumado a agressão com uma rasteira, derrubando a criança, que ao cair bateu a cabeça na quina de um móvel, ficando inconsciente por alguns momentos.

A criança logo começou a sofrer uma uma convulsão severa, o que desesperou o pai, que tentou desenrolar a língua do filho, sem sucesso. A última tentativa de salvar o garoto foi um banho frio, mas também não deu certo. O pai, então, levou a criança para a UPA.

A equipe médica que atendeu o menino estranhou os sinais de violência física que estavam no corpo da criança, além de achar estanho o estado de embriaguez do pai do garoto.

O pai, que tinha passagem por homicídio, confessou o crime detalhadamente. A Polícia Civil divulgou que o homem havia sido autuado pelo crime de tortura qualificada. Segundo o EM, na delegacia, ele disse que estava bêbado quando socou o filho.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.