Notícias

Sangramento e pressão no crânio causaram a morte do apresentador Gugu Liberato

O apresentador caiu de uma altura de 4 metros, bateu a cabeça e lesionou a têmpora direita

Caroline
Caroline Berticelli / Editora

25 de novembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 25 de novembro de 2019 - 00:00

A causa da morte de Gugu Liberato, depois de cair de uma altura de 4 metros quando tentava trocar o filtro do ar condicionado que fica no sótão da casa dele em Orlando, nos EUA, foi a forte pancada que o apresentador sofreu no cabeça. Gugu bateu a cabeça e lesionou a têmpora direita, o que provocou grande sangramento e, consequentemente, aumentou a pressão do crânio, levando a morte do cérebro e de todo o encéfalo.  

O que diz neurocirurgião sobre tratamento dado a Gugu

O neurocirurgião brasileiro Guilherme Lipsky que foi chamado às pressas, aos EUA, pela pela família de Gugu Liberato, a fim de dar uma segunda opinião sobre o estado de saúde do apresentador declarou que nada poderia ter sido feito para salvar a vida de Gugu.

Lipsky que viajou da Colômbia, onde participava de conferência médica, direto para Orlando, na Flórida, explicou que ao chegar, o apresentador já havia sido diagnosticado com morte encefálica. “Já tinhas dois diagnósticos clínicos de morte encefálica e tinha o exame laboratorial e exame de imagem dizendo que não tinha perfusão encefálica. Pelo rigor técnico todos os critérios estavam preenchidos. Eu tive que verificar a veracidade, ver com meus próprios olhos, claro, mas a coisa era compatível e a situação era de fato irreversível”, disse. 

Segundo o neurocirurgião, os médicos americanos fizeram tudo o que estava ao alcance para reverter o quadro grave de Gugu. “Eu posso concluir com segurança que não havia o que pudesse ter sido feito diferentemente”, declarou.

Entenda o acidente que matou Gugu

Conforme a esposa de Gugu, a médica Rose Miriam di Matteo, Gugu estava em casa com ela e os três filhos quando a tragédia aconteceu. Em entrevista exclusiva a Luiz Bacci, da Record, Rose contou que só consegue se lembrar do momento que ouviu um barulho e, em seguida, ver o marido caído. Ela foi a primeira pessoa a chegar ao local.

Por ser médica, Rose foi em direção ao marido para iniciar os procedimentos de primeiros socorros, e imediatamente os três filhos de Gugu chegaram à sala onde o pai estava caído.

Mansão onde o apresentador sofreu a queda fatal. (Foto: Reprodução/ Realtor.com)

De acordo com Bacci, Rose conta que em um primeiro momento eles pensaram em levar Gugu de carro até um hospital, já que moram a um quarteirão de uma unidade na cidade. Entretanto, logo desistiram e acionaram uma ambulância para socorrer o apresentador, que chegou a residência da família em apenas cinco minutos.

Ele foi levado inconsciente ao hospital Orlando Health Medical Center por uma ambulância acionada pela família. A morte foi confirmada na noite de sexta-feira (22).