Brasil

Menina morre após levar tiro acidental quando brincava com a arma do pai

Segundo a delegada responsável pelo caso, a jovem brincava com um primo e um vizinho, também menores de idade, sem responsáveis por perto

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do GZH
Menina morre após levar tiro acidental quando brincava com a arma do pai
(Foto: Reprodução/iStock)

17 de setembro de 2021 - 09:39 - Atualizado em 17 de setembro de 2021 - 09:40

Uma menina de 12 anos morreu, nesta quinta-feira (16), após ser atingida na cabeça por um disparo acidental enquanto brincava com uma arma de seu pai, em São Sepé, no Rio Grande do Sul. A vítima chegou a ser atendida no município, mas não resistiu.

Segundo a delegada Carla Dolores de Almeida, a menina brincava em casa com um primo e um vizinho, também menores de idade, sem responsáveis por perto. Um dos meninos relatou à polícia que a vítima foi até o quarto dos pais e pegou a pistola em cima de um criado-mudo. Segundo a delegada, ele ainda alertou a menina para retirar o carregador, mas um projetil permaneceu na arma.

“Eram todas crianças, não sabiam o funcionamento de uma pistola. A arma estava visível para elas, em um local de fácil acesso. É realmente uma tragédia o que aconteceu aqui e serve de alerta para os pais que possuem armas em casa”, contou a delegada ao GZH.

A pistola está registrada no nome do pai da vítima e arma, a munição disparada e o carregador foram apreendidos e serão encaminhados para perícia. Os pais da menina também devem ser ouvidos para o andamento da investigação policial.