Brasil

Médico morre eletrocutado em sessão de fotos com noiva um dia antes do casamento

O homem de 31 anos colocou as duas mãos em um fio de energia para desenroscar um anzol que havia ficado preso durante a sessão de fotos para o casamento

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do Metrópoles
Médico morre eletrocutado em sessão de fotos com noiva um dia antes do casamento
(Foto: Reprodução/Redes sociais)

30 de julho de 2021 - 12:42 - Atualizado em 30 de julho de 2021 - 12:42

O médico Denis Ricardo Faria Gurgel, de 31 anos, morreu após levar um choque nesta quinta-feira (29), na zona rural de Cariri do Tocantins, no sul do estado. Denis e a noiva faziam uma sessão de fotos às margens de uma represa. O casamento aconteceria nesta sexta-feira (30).

A vítima foi encontrada pelos bombeiros caído no chão, já sem vida. Segundo relato da noiva, o casal estava com várias varas de pesca e, assim que Denis arremessou uma delas, um dos anzóis ficou preso em um fio de energia. Foi então que ele se prontificou a retirar o anzol e colocou as duas mãos no fio, levando o choque.

Segundo o Metrópoles, o fio de energia que provocou o choque estava sem camada de proteção em alguns pontos.

“Prestativo e sempre educado, Denis era muito querido pelos colegas de profissão e também pelos pacientes. Sua morte prematura deixa todos consternados e de luto, por esta grande perda”,

informou em nota de pesar a Prefeitura de Gurupi, onde Denis trabalhava.