Brasil

“Não foi vontade de Deus, foi falta de vacina”, diz Samantha Schmütz sobre morte de Paulo Gustavo

A atriz manifestou indignação nas redes sociais sobre o comportamento dos colegas e governantes

Aline
Aline Taveira / Produtora
“Não foi vontade de Deus, foi falta de vacina”, diz Samantha Schmütz sobre morte de Paulo Gustavo
Os artistas eram amigos íntimos desde o início da carreira. (Foto: Reprodução/Instagram)

13 de maio de 2021 - 09:47 - Atualizado em 13 de maio de 2021 - 09:48

A atriz Samantha Schmütz manifestou mais uma vez sua indignação sobre a morte do amigo íntimo, Paulo Gustavo, vítima da Covid-19. Nas redes sociais, ela tem sido crítica ferrenha da maneira como o governo brasileiro lida com a pandemia e culpa a negligência e o colapso no sistema de saúde pela morte do amigo

Em nova manifestação, a atriz não deixou passar um post da blogueira fitness, Gabriela Pugliesi. A influenciadora digital lamentou a perda de Paulo Gustavo, mas afirmando que sua morte era vontade de Deus

“Se essa foi a vontade de Deus, o que me resta é te guardar no lugar mais especial e alegre do meu coração. (…) O mundo não tem espaço pra você. Talvez o céu tenha!”, escreveu Pugliesi.

Samantha Schmütz não concordou com a declaração e rebateu sem rodeios: 

“Não foi a vontade de Deus não, foi falta de vacina!”, escreveu.

Paulo Gustavo morreu no último dia 4 em decorrência das complicações da Covid-19 e tem recebido homenagens dos amigos, familiares e fãs.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.