Brasil

Dentista e enfermeira são encontrados mortos dentro de apartamento

No apartamento em que moravam, vizinhos relataram à polícia que ouviram gritos por volta das 3h

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Dentista e enfermeira são encontrados mortos dentro de apartamento
Foto: montagem RIC Mais

31 de julho de 2020 - 13:17 - Atualizado em 31 de julho de 2020 - 13:17

Um dentista e uma enfermeira foram encontrados mortos na manhã desta quinta-feira (30), no apartamento onde moravam em Águas Claras, no Distrito Federal (DF).

De acordo com informações preliminares, a suspeita é de que Fabrício David Jorge, de 42 anos, tenha matado a companheira Pollyanna Pereira de Moura, de 35 anos, a facadas, e em seguida tirado a própria vida.

Dentista e enfermeira são encontrados mortos; polícia suspeita de feminicídio

Policiais descreveram a cena como um horror. Conforme a PM, Pollyana foi encontrada sentada no chão da cozinha coberta de sangue, enquanto David Jorge estava deitado ao lado da enfermeira com uma faca em mãos.

Foto: reprodução das redes sociais

No apartamento em que moravam, vizinhos relataram à polícia que ouviram gritos por volta das 3h. Em entrevista ao jornal Metrópoles, a mulher pediu anonimato.

“Eram gritos de desespero, gritos de morte. Estava muito alto. Eu ouvi e saí no corredor. Quando cheguei perto do apartamento deles o barulho parou”.

Além disso, o homem teria enviado uma mensagem a um amigo confessando o crime. O material deve passar por perícia.