Brasil

Amiga de Paulo Gustavo relata visita emocionante ao ator no hospital

“Percebi que você estava conectado comigo e me ouvindo”, conta Susana Garcia

Aline
Aline Taveira / Produtora
Amiga de Paulo Gustavo relata visita emocionante ao ator no hospital
Susana Garcia visitou o amigo na UTI e relatou o encontro (Foto: Reprodução)

19 de abril de 2021 - 15:03 - Atualizado em 19 de abril de 2021 - 15:14

Amiga pessoal e colega de trabalho do ator e humorista Paulo Gustavo, a diretora Susana Garcia postou em suas redes sociais um relato emocionante sobre uma visita ao ator. Irmã da atriz Mônica Martelli e comandante do longa “Minha Vida Em Marte”, no qual dirigiu a irmã e o ator, Susana contou detalhes do encontro com o comediante, internado há mais de um mês devido a complicações da Covid-19.

No relato, Susana afirma que, ao chegar perto de Paulo Gustavo, a frequência cardíaca do ator aumentou. “Te perguntei se você estava me ouvindo e pedi pra você mexer a sua cabeça. Você mexeu duas vezes e tentou abrir a boca”, ela conta. 

Emocionada, a diretora relata que segurou o choro, pois não poderia chorar na frente do amigo, e concentrou-se em dizer coisas alegres. Além disso, ela conta que, conforme ia dizendo a ele sobre as pessoas que estavam ao seu redor torcendo por sua melhora, Paulo Gustavo balançava a cabeça. 

Susana conta que o ator tem uma legião de fãs orando por ele e que a equipe do hospital também torce por sua recuperação. Ela completa com uma confissão de uma enfermeira: “Ela falou que o comentário no hospital é que, no dia que você sair, o corredor da UTI não será largo o suficiente pra receber todo mundo que estará te aplaudindo.”.

O drama da Covid-19

O ator Paulo Gustavo foi internado com Covid-19 no dia 13 de março, porém, a informação só foi confirmada pela assessoria dois dias depois. No mesmo dia, Thales Bretas, marido do ator, informou que o humorista estava evoluindo bem.

No dia 21 de março, Paulo teve uma piora e, com dificuldades para respirar, precisou ser intubado. O humorista foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital CopaStar, em Copacabana. 

Com a divulgação de boletins diários, a equipe de comunicação do ator tranquilizou os fãs com notícias da melhora do estado clínico. Porém, no dia 2 de abril, Paulo Gustavo teve uma nova complicação e precisou iniciar um tratamento com uma máquina que faz o trabalho do pulmão e coração artificialmente. A Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO) foi adotada para manter os órgãos do humorista descansados.

Já no dia 4 de abril, Paulo Gustavo precisou passar por uma pleuroscopia, que identificou uma fístula broncopleural. O procedimento teve sucesso. Em 7 de abril, o ator foi submetido a uma transfusão de sangue, devido ao tratamento com o ECMO.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.