Notícias

Brasil registra mais 627 mortes por Covid e total vai a 217.664

Reuters
Reuters
Brasil registra mais 627 mortes por Covid e total vai a 217.664
Cemitério em Manaus durante a pandemia de coronavírus

25 de janeiro de 2021 - 19:12 - Atualizado em 25 de janeiro de 2021 - 19:15

(Reuters) – O Brasil registrou nesta segunda-feira 627 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de mortes pela doença no país a 217.664, informou o Ministério da Saúde.

Também foram notificados 26.816 novos casos da doença provocada pelo coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país atingindo 8.871.393, segundo o ministério.

Assim como aos domingos, os números de casos e óbitos informados pelo ministério costumam registrar quedas às segundas-feiras, em função do represamento de testes durante os finais de semana.

O Brasil, que enfrenta um novo avanço da doença, é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.

Estado brasileiro mais afetado pela Covid-19, São Paulo atingiu as marcas de 1.702.294 casos e 51.556 mortes.

O secretário de Saúde paulista, Jean Gorinchteyn, destacou em entrevista coletiva nesta segunda que a circulação da pandemia está de “forma ainda acelerada” no Estado.

Minas Gerais é o segundo Estado com maior número de infecções pelo coronavírus registradas, com 693.550 casos, mas o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos contabilizados, com 28.856 mortes.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, o Brasil possui 7.709.602 pessoas recuperadas da Covid-19 e 944.127 pacientes em acompanhamento.

(Por Gabriel Araújo, em São Paulo, e Maria Carolina Marcello, em Brasília; Edição de Pedro Fonseca)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0O1GW-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.