Notícias

Brasil registra 790 novas mortes por Covid-19 e total encosta em 450 mil

Reuters
Reuters
Brasil registra 790 novas mortes por Covid-19 e total encosta em 450 mil
Paciente com Covid-19 em hospital em São Paulo (SP)

24 de maio de 2021 - 18:47 - Atualizado em 24 de maio de 2021 - 18:50

SÃO PAULO (Reuters) – O Brasil registrou nesta segunda-feira 790 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 449.858, informou o Ministério da Saúde.

Também foram notificados 37.498 novos casos de coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país avançando para 16.120.756, de acordo com a pasta.

Aos domingos e segundas-feiras as cifras de casos e óbitos por Covid-19 no Brasil costumam ficar abaixo das médias normalmente registradas, uma vez que há represamento de testes aos finais de semana.

Depois de atingir um pico de 4.249 mortes em um único dia em 8 de abril, na esteira da disseminação de uma variante mais transmissível, o Brasil tem verificado recentemente uma estabilização dos índices da pandemia, ainda que em patamares elevados.

O país é o segundo com maior número de óbitos pela doença, atrás somente dos Estados Unidos, e o terceiro em termos de casos, abaixo de EUA e Índia.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse à Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta segunda-feira que o Brasil defende a “firme recomendação” de medidas contra a Covid-19 e tem na vacinação “nossa maior esperança para permitir o retorno gradual e seguro à normalidade”.

A fala do ministro, porém, ocorre um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro ter reunido milhares de pessoas sem máscara para um ato no Rio de Janeiro. Além disso, Queiroga também inflou o número de pessoas vacinadas no país, somando as contagens de primeira e segunda doses aplicadas.

Estado brasileiro mais afetado pela Covid-19, São Paulo atingiu as marcas de 3.192.727 casos e 107.677 mortes.

Minas Gerais é o segundo Estado com maior número de infecções pelo coronavírus registradas, com 1.518.725 casos, mas o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos contabilizados, com 49.539 mortes.

O governo federal ainda reporta 14.552.024 pessoas recuperadas da Covid-19 e 1.118.874 pacientes em acompanhamento.

(Por Gabriel Araujo)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4N14I-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.