Notícias

Bostic, do Fed, diz que inflação “indisciplinada” pode exigir passos mais “estridentes” na política monetária

Reuters
Reuters
Bostic, do Fed, diz que inflação “indisciplinada” pode exigir passos mais “estridentes” na política monetária
O chefe do Federal Reserve Bank de Atlanta, Raphael Bostic, fala durante o Fórum Financeiro Europeu em Dublin

2 de dezembro de 2021 - 15:08 - Atualizado em 2 de dezembro de 2021 - 15:10

(Reuters) – O presidente do Federal Reserve (Fed) de Atlanta, Raphael Bostic, disse na conferência Reuters Next nesta quinta-feira que, se a inflação não recuar como esperado nos próximos um ou dois anos, o Fed (banco central norte-americano) pode precisar “tomar medidas mais estridentes” para controlá-la.

Bostic, que já ventilou pelo menos um aumento nas taxas de juros em 2022, afirmou que seu caminho preferido rumo à chamada taxa de juros “neutra” do Fed nos próximos anos seria “lento e estável”.

Mas o integrante do banco central ponderou que, se a dinâmica que ele espera agora que imponha pressão de baixa sobre a inflação falhar em sua materialização, “podemos ter que dar passos mais estridentes”.

Para acompanhar Reuters  Next: https://reutersevents.com/events/next

(Reportagem de Ann Saphir, Lindsay Dunsmuir e Dan Burns)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB1101-BASEIMAGE