Coronavírus

Bolsonaro vê cancelamento de jogos de futebol como histerismo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Bolsonaro vê cancelamento de jogos de futebol como histerismo
Bolsonaro cumprimenta apoiadores. Reprodução / Record TV

16 de março de 2020 - 00:00 - Atualizado em 16 de março de 2020 - 00:00

Diante da pandemia de coronavírus, as entidades que regem o futebol nacional estudam o que fazer com seus respectivos campeonatos. Em entrevista à CNN Brasil, o presidente Jair Bolsonaro disse considerar o cancelamento de partidas uma medida exagerada.

“Quando você proíbe jogo de futebol, entre outras coisas, está partindo para um histerismo. Poderiam vender um percentual de ingressos levando em conta a quantidade de pessoas que comportam as arquibancadas. E não partir para simplesmente proibir isso e aquilo, porque não vai, no meu entender, conter a expansão dessa forma”, disse.

A CBF decidiu neste domingo suspender todos os torneios nacionais sob a sua responsabilidade atualmente em andamento. São eles Copa do Brasil, Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, Campeonato Brasileiro Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20.

“Devemos tomar providência, porque pode, sim, se transformar em uma questão bastante grave o vírus no Brasil, mas sem histeria. A economia tem que funcionar, porque não podemos ter uma onda de desemprego no Brasil”, declarou o presidente da República.

Recentemente, após membros de sua comitiva aos Estados Unidos serem diagnosticados com coronavírus, Jair Bolsonaro passou por exame que deu negativo. Neste domingo, a despeito das recomendações de monitoramento, ele cumprimentou manifestantes que se aglomeraram diante do Palácio do Planalto.

Na nota oficial em que comunicou a suspensão de seus torneios, a CBF informou que as federações estaduais têm autonomia para decidir sobre os respectivos campeonatos. Com os presidentes de clubes, a Federação Paulista de Futebol (FPF) tratará do assunto nesta segunda-feira.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.