Agronegócio

Bolsa de Cereais de Buenos Aires eleva projeção de colheita de soja e milho

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

28 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 28 de fevereiro de 2020 - 00:00

São Paulo, 28 – A Bolsa de Cereais de Buenos Aires elevou a previsão de produção de soja da safra 2019/20 no país para 54,5 milhões de toneladas, um incremento de 1,4 milhão de toneladas ante o volume previsto até a semana passada. A bolsa também aumentou a previsão de produção de milho para 50 milhões de toneladas. Até então, a expectativa era de 49 milhões de toneladas.

Conforme a bolsa, 68,5% dos 17,4 milhões de hectares plantados com soja na Argentina transitam em etapas críticas para definição do rendimento sob condição hídrica entre ótima e adequada.

“A evolução climática favorável, resultante especialmente das chuvas recorrentes ao longo do ciclo da cultura, permite elevar a projeção da produção”, disse a bolsa. “Aumentos futuros não estão descartados, dependendo da evolução da safra e da precipitação nas próximas semanas.”

No caso do milho, a colheita atinge 1% dos 6,3 milhões de hectares no país. “As expectativas muito boas de rendimento das áreas precoces e tardias também permitem elevar a projeção da produção”, disse a bolsa.

O volume colhido, entretanto, ainda deve ficar 1,6% abaixo do obtido no ciclo anterior. As áreas plantadas mais tarde estão enchendo grão sob condições hídricas e sanitárias “muito boas”, conforme a instituição.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.