Notícias

Biden se concentra em combate ao coronavírus enquanto Trump mantém luta para reverter derrota

Reuters
Reuters
Biden se concentra em combate ao coronavírus enquanto Trump mantém luta para reverter derrota
Presidente eleito dos EUA, Joe Biden

18 de novembro de 2020 - 11:26 - Atualizado em 18 de novembro de 2020 - 11:30

Por Trevor Hunnicutt e John Whitesides

WILMINGTON, Delaware/WASHINGTON (Reuters) – O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, se encontrará com profissionais de saúde da linha de frente do combate ao coronavírus em um evento virtual nesta quarta-feira, enquanto o presidente em fim de mandato, Donald Trump, amplia sua campanha para tentar reverter o resultado da eleição.

Trump se recusa a admitir a derrota na eleição de 3 de novembro e tem impedido uma transição suave para o novo governo. Biden prometeu fazer da pandemia, que já matou mais de 247 mil pessoas no país e eliminou milhões de empregos, uma de suas maiores prioridades quanto tomar posse em 20 de janeiro.

Biden e seus principais conselheiros disseram que a postura de Trump pode ameaçar os esforços de contenção dos casos crescentes de Covid-19 e inibir o planejamento da distribuição de vacinas.

Este sentimento foi ecoado por três organizações norte-americanas de cuidados de saúde destacadas na terça-feira, quando se dirigiram ao presidente em uma carta aberta exortando-o a compartilhar dados cruciais da Covid-19 com a equipe de Biden.

“Como provedores de cuidados para todos os americanos, vemos o sofrimento que está ocorrendo em nossas comunidades devido à Covid-19… é desta perspectiva humana da linha de frente que o exortamos a compartilhar dados e informações cruciais o mais cedo possível”, disse a carta, assinada pelos chefes da Associação Médica Americana, a Associação Americana de Enfermeiros e a Associação Americana de Hospitais.

Enquanto Biden participará da mesa redonda virtual no Delaware, Estado em que reside, Trump voltará a passar um dia sem eventos públicos agendados nesta quarta-feira.

O presidente tem repetido sem provas a afirmação de que é vítima de uma fraude eleitoral generalizada, e sua equipe de campanha apresentou uma série de ações civis em Estados-chave.

(Por Trevor Hunnicutt em Delaware, John Whitesides e Simon Lewis em Washington; reportagem adicional de Daniel Trotta)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAH158-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.