Internacionais

Benjamin Button! Doença rara faz menino de 6 anos ter cara de idoso

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

20 de agosto de 2018 - 00:00 - Atualizado em 20 de agosto de 2018 - 00:00

Yernar Alibekov sofre fortes dores com a doença. (Foto: Reprodução/Instagram/pomosh_ernarchiku)

Yernar Alibekov nasceu no Cazaquistão e tem a Síndrome de Ehlers-Danlos, que deixa a pele flácida e com deficiência de colágeno

Esse é Yernar Alibekov, uma criança de apenas seis anos que tem uma doença rara. Como resultado, ele parece um aposentado que sofreu a vida toda trabalhando.

Yernar mora no Cazaquistão e sofre com a Síndrome de Ehlers-Danlos, diagnosticada assim que ele nasceu.

Tudo porque ele tinha pálpebras caídas e maiores, que ficavam coçando o tempo todo

A doença é conhecida também como Síndrome do Homem Elástico.

Ela se apresenta como um defeito na formação dos colágenos, por isso os músculos, ossos e pele não são firmes.

Dependendo da gravidade da deformação, a vida do indivíduo pode ser colocada em risco

Assim como o filme O Curioso Caso de Benjamin Button, ele tem aparência de velho quando ainda estava começando a andar.

Nessa imagem, é possível ver que ele parece mais velho até que a própria mãe, Zibensa Tulepbergenova.

Um hospital de Astana, capital do Cazaquistão, onde a família vive, concordou em tentar ajudar Yernar.

Eles farão cirurgias de enxerto de pele para diminuir a flacidez.

Normalmente, esse tipo de cirurgia só é permitido para pessoas acima de 18 anos, mas eles abriram uma exceção.

Apenas um em cada 50 mil bebês nascidos vivos tem a doença.

Mas existem casos muito menos graves que o do menino cazaque, e por isso tratamentos mais eficientes ainda não existem.

Os médicos afirmam que o enxerto não deve melhorar a condição geral da doença dele

As porções flácidas apenas ficarão um pouco mais firmes.

De uma forma geral, as operações serão apenas estéticas.

É possível que Yernar sofre com condições mais agudas da doença, como luxações, dores crônicas e até osteoartrite.

Gostou da matéria? Avalie abaixo! 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.