Notícias

BB diz estar colaborando com autoridades na Operação Alerta Mínimo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

27 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 27 de setembro de 2019 - 00:00

O Banco do Brasil (BB), por meio de nota, se manifestou sobre a Operação Alerta Mínimo, deflagrada nesta sexta-feira, 27, para apurar a ação de doleiros e de funcionários de três agências da instituição bancária em São Paulo em crimes de lavagem de dinheiro. Segundo a PF, os investigados teriam atuado para empresas que tinham contratos com a Petrobras e precisavam de dinheiro em espécie para pagar propinas a agentes públicos.

“O Banco do Brasil informa que vem colaborando com as autoridades na operação Alerta Mínimo, já tendo iniciado processos administrativos que podem resultar na demissão dos funcionários envolvidos”, diz a nota do BB.

A Alerta Mínimo é a 66ª fase da Lava Jato e tem participação do Ministério Público Federal e da Receita Federal. Segundo a Procuradoria, a ação investiga a atuação de três gerentes e de um ex-gerente do BB que teriam facilitado “centenas de operações de lavagem de dinheiro entre os anos de 2011 e 2014”. O grupo teria movimentado R$ 200 milhões. Parte do valor teria sido convertido para pagamento de propinas, diz o MPF.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.