Notícias

Bandidos furtam fiação de escola e deixam alunos sem luz, em Curitiba

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Bandidos furtam fiação de escola e deixam alunos sem luz, em Curitiba
(Foto: Thais Travençoli, da RIC TV Record TV)

26 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:34

Cartazes. Pedidos de ajuda. Questionamentos. Falta de segurança. Incerteza. Essas são as palavras que definem o sentimento de profissionais, pais e alunos da escola municipal Cei Ritta Anna de Cassia, no bairro Cajuru, em Curitiba, que passa pelo 4º furto em menos de um mês.

Bandidos furtam fiação de escola e aula de estudantes é prejudicada

Nesta segunda-feira (23), por volta das 23h, bandidos entraram no local e furtaram a fiação da escola, deixando os alunos sem luz.

Na escola estudam crianças entre quatro e dez anos, que seguem aterrorizadas com a onda de furtos dos últimos 30 dias.

furto fiação cajuru

(Foto: Thais Travençoli, da RIC TV Record TV)

De acordo com alguns pais de alunos, é cada vez mais difícil deixar os filhos em um local assombrado por falta de segurança e incertezas.

Além da fiação, os bandidos também levaram a televisão, microondas e até as panelas da escola.

Elison Costa, pai de um aluno, contou que continua levando o filho à escola para evitar maiores problemas.

“A gente traz porque a escola diz que se faltar pode acionar o Conselho Tutelar. Ameaçam o pai com Conselho Tutelar. Trazemos as crianças, chega na escola e não tem luz. Não tem como professores darem o ensinamento porque precisa da energia pra criança poder copiar o quadro. E aí que fica o problema. O prefeito garantiu policiais pra fazer a segurança da escola, e não aparece nenhum. A reportagem tá aqui e agora que chegou uma viatura aqui”, concluiu Elison.

Protesto e pedido de ajuda

Nesta quinta-feira (26), alunos, pais e professores se reuniram para protestar em frente à escola, e pedem por mais segurança e atenção aos casos de furto no local.

escola sem luz

(Foto: Thais Travençoli, da RIC TV Record TV)

Em nota, a prefeitura informou que os 600 alunos da escola Cei Ritta Anna de Cassia, no bairro Cajuru, estão sendo atendidos nesta quinta.

“A unidade foi alvo de vandalismo (furto de cabos de energia) e uma equipe de manutenção da Secretaria Municipal da Educação (SME) já esteve nesta manhã na escola para avaliar a extensão do dano. A partir desse levantamento dos técnicos é feita a compra de novos cabos para reposição. A Guarda Municipal vai reforçar as rondas nas escolas e CMEIs”, disse parte da nota.

Além disso, a nota da Prefeitura de Curitiba afirmou que a secretaria tem gasto médio anual de R$ 310 mil para recuperação de unidades da rede municipal de ensino que sofrem algum tipo de vandalismo, e que o valor inclui reposição de vidros, esquadrias, cabos, tubulações, grades, telhas, portas e serviços de pintura.

Bandidos também invadiram obra na mesma rua

Nesta segunda-feira (23), criminosos também invadiram uma obra que fica em frente à escola e roubaram um portão. Câmera de segurança registram a ação. Confira:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.