Notícias

Baleia jubarte é avistada no Canal da Galheta, no litoral do Paraná; veja imagens

A baleia foi vista nas proximidades da Ilha do Mel; segundo pesquisadores, o mamífero é da espécie Jubarte e ainda não é adulto

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Baleia jubarte é avistada no Canal da Galheta, no litoral do Paraná; veja imagens
A baleia foi avistada perto da Ilha do Mel, no litoral do Paraná. (Foto: Reprodução/Thiago Valentim)

20 de julho de 2019 - 00:00 - Atualizado em 20 de julho de 2019 - 00:00

Uma baleia foi vista perto da Ilha do Mel, no Canal da Galheta, no litoral do Paraná, no início da manhã deste sábado (20). Pesquisadores do Laboratório de Ecologia e Conservação da Universidade Federal do Paraná (UFPR) foram até o local e identificaram o animal como da espécie Jubarte em idade ainda juvenil, ou seja, não adulta, com cerca de 8 metros. (Assista aos vídeos abaixo) 

Baleia na Ilha do Mel estava estressada com a presença de barcos

Segundo a bióloga Camila Domit, a presença da baleia na Ilha do Mel chamou a atenção de quem estava na região e a proximidade das embarcações, que levaram pessoas para ver o mamífero de perto, acabaram estressando o animal. “Ele está bastante estressado, inclusive, o comportamento de bater a cauda muito forte na superfície, que possivelmente vocês já devem ter visto na rede social, é um comportamento que o animal só faz quando ele está molestado, quando ele está se sentindo ameaçado por alguma coisa”, explicou em vídeo. 

A Marinha do Brasil proíbe a aproximação de embarcações não autorizadas a menos de 100 m de animais marinhos. Camila lembra que a determinação existe para proteger tanto os animais como as pessoas. “Como regra, existe uma Lei Federal que protege esses animais. Então, é importante não molestar esse animal para evitar o estresse em cima de indivíduo e também evitar risco a embarcação, é importante que se mantenha uma distância de pelo menos 100 m do animal. Que não se aborde o animal pela frente de sua linha de deslocamento, ou seja, pela cabeça do animal. E também que não tenha mais de três embarcações ao mesmo tempo em volta desse indivíduo”, disse.

Quem ver animais marinhos no litoral do Paraná deve entrar em contato com o Centro de Estudos do Mar, da UFPR, pelo 0800 642 3341 ou pelo 41. 3511 86 85, e comunicar o avistamento. 

Veja o que disse a pesquisadora:

Camila fala sobre como proceder quando baleias aparecem no litoral

O infográfico do Projeto Baleia à Vista dá todas as dicas do que fazer durante o avistamento de uma baleia

Veja os vídeos da baleia na Ilha do Mel:

A Baleia jubarte

A Baleia jubarte (nome científico: Megaptera novaeangliae) também é conhecida como baleia-corcunda ou baleia-cantora e está na maioria dos oceanos. Seus adultos têm em média de 12 a 17 metros e podem pesar de 35 a 40 toneladas, sendo que as fêmeas são maiores que os machos.  

Em seu comportamento é comum ver saltos nos quais as baleias ficam quase que completamente fora d’água. Machos produzem cantos complexos que duram de 10 a 20 minutos com a finalidade de atrair as fêmeas para acasalar.

Migração das Baleias jubartes

Elas migram mais de 25 mil quilômetros a cada ano das áreas de alimentação, locais mais frios e polares para as de reprodução nas regiões mais quentes nos trópicos e subtrópicos. E é nessa época que costumam passar pelo litoral do Paraná, que fica na rota de migração desses grandes mamíferos marinhos.  

O que comem as Baleias jubartes

A dieta dessas baleias consiste em krill e peixes pequenos. Para a pescaria, elas se destacam com um vasto repertório de técnicas inteligentes como a técnica de redes de bolhas, entre outras. 

Extinção

As Baleias jubartes, como as outras baleias foram caçadas até a beira da extinção quando suas populações foram reduzidas em cerca de 90%. Mesmo com o fim da pesca comercial na maioria dos países, as baleias ainda sofrem várias ameaças que vão desde a poluição, a presença de redes e barcos nos oceanos até a perturbação direta provocada pelo turismo.