Notícias

Autoridade Palestina retomará coordenação com Israel, diz ministro palestino

Reuters
Reuters
Autoridade Palestina retomará coordenação com Israel, diz ministro palestino
.

17 de novembro de 2020 - 16:09 - Atualizado em 17 de novembro de 2020 - 16:10

Por Ali Sawafta

RAMALLAH, Cisjordânia (Reuters) – A Autoridade Palestina vai retomar a coordenação com Israel, suspensa em maio por causa de um plano israelense para anexar partes da Cisjordânia ocupada, disse uma autoridade palestina de alto escalão nesta terça-feira.

O ministro dos Assuntos Civis, Hussein al-Sheikh, escreveu no Twitter que “o relacionamento com Israel voltará ao que era” agora que o presidente, Mahmoud Abbas, recebeu a confirmação de que Israel continua comprometido com acordos já firmados com os palestinos.

Acordos de paz provisórios assinados nos anos 1990 contemplavam a criação de um Estado palestino ao lado de Israel.

Ao interromper a coordenação civil e de segurança com Israel em maio, os palestinos disseram que os planos para anexar partes da Cisjordânia ocupada impossibilitariam uma solução de dois Estados.

Um acordo de agosto que estabeleceu relações formais entre Israel e os Emirados Árabes Unidos levou à suspensão israelense de qualquer manobra de anexação.

Uma autoridade israelense, que falou sob a condição de anonimato, disse que “estamos muito próximos” de renovar a coordenação, citando trocas de mensagens entre o ministro da Defesa de Israel e autoridades palestinas.

Em Gaza, no entanto, o grupo islâmico Hamas, que governa a região, condenou a decisão da Autoridade Palestina, com sede na Cisjordânia, como uma “facada contra os esforços para alcançar uma parceria nacional real”.

((Reportagem de Ali Sawafta, Nidal al-Mughrabi, Rami Ayyub e Dan Williams)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAG1D6-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.