Notícias

Atualmente preso, ex-presidente sul-africano Zuma é hospitalizado

Zuma está detido na prisão de Estcourt, na província de Kwa-Zulu Natal, desde que se entregou no dia 7 de julho para cumprir uma pena de 15 meses por desacato ao tribunal

Reuters
Reuters
Atualmente preso, ex-presidente sul-africano Zuma é hospitalizado
Ex-presidente da África do Sul, Jacob Zuma

6 de agosto de 2021 - 10:58 - Atualizado em 6 de agosto de 2021 - 12:04

LONDRES (Reuters) – Jacob Zuma, o ex-presidente da África do Sul que está preso atualmente, foi internado em um hospital para ficar sob observação médica nesta sexta-feira (6), disse o Departamento de Serviços Correcionais do governo.

Zuma está detido na prisão de Estcourt, na província de Kwa-Zulu Natal, desde que se entregou no dia 7 de julho para cumprir uma pena de 15 meses por desacato ao tribunal. Seu encarceramento provocou o pior surto de violência no país em anos.

Embora tenha confirmado sua hospitalização, a fundação de Zuma disse se tratar de um check-up médico de rotina.

“Não há motivo para estar alarmado… ainda”, tuitou a fundação.

Mais cedo, os Serviços Correcionais disseram em um comunicado que uma observação de rotina na prisão levou as autoridades a levarem Zuma a um hospital externo para exames adicionais.

“Todos que estão detidos, incluindo todo prisioneiro condenado, têm direito a condições de detenção que sejam condizentes com a dignidade humana, incluindo… tratamento médico”, informou o comunicado.

O texto acrescentou que, por ele ser um ex-presidente, os cuidados de saúde de Zuma exigem o envolvimento dos Serviços de Saúde Militares sul-africanos.

Zuma, de 79 anos, foi preso por desafiar uma ordem do Tribunal Constitucional para fornecer indícios para um inquérito que investiga corrupção no alto escalão durante seus nove anos no poder, encerrados em 2018.

(Por Olivia Kumwenda-Mtambo)