Notícias

Atleta conta como foi o amanhecer trágico no CT do Flamengo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

8 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 8 de fevereiro de 2019 - 00:00

Iury Gomes Campos tem apenas 13 anos (Foto: reprodução ND Online/arquivo pessoal)

Iury de apenas 13 anos relata os momentos de tensão e fala sobre os colegas que perdeu na tragédia

Iury Gomes Campos, de 13 anos, acordou na manha desta sexta-feira (8) com uma notícia arrepiante. Junto com o fogo, vários sonhos foram destruídos, inclusive o que o adolescente Iury planejou ao lado de amigos que perdeu no incêndio que tomou conta do Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro. 

Susto e muita tristeza

Há pouco tempo treinando no clube, Iury acordou com o telefone cheio de mensagens de familiares e amigos preocupados. Ao sair para a rua, o jovem se deparou com o incêndio em um dos alojamentos do time. “O momento é muito difícil, estamos muito tristes, abalados”, fala assustado o atleta. 

O jovem zagueiro narra que estava dormindo em um alojamento que fica há menos de um minuto do local do incêndio, mas afirmou que não viu o início do fogo. “Estávamos dormindo na casa onde moramos, só quando saímos para a rua é que vimos tudo. Ao olhar para o telefone, vi muitas mensagens de preocupação da família e amigos”, conta Iury. 

Jovens que morreram em incêndio tiveram passagens pelo Athletico Paranaense

“Vou continuar firme atrás do meu sonho”

Sobre o susto e sobre o ocorrido, o jovem Iury afirma que nada vai abalar o seu futuro no futebol “aconteceu uma tragédia, foi muito triste, choramos muito, mas vou continuar firme atrás do meu sonho: ser um jogador de futebol”, finaliza o jovem. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.