Notícias

Ativistas intervêm em cúpula financeira em Paris antes da COP26

Reuters
Reuters
Ativistas intervêm em cúpula financeira em Paris antes da COP26
Ativistas protestam contra presidente da França, Emmanuel Macron, em Paris

26 de outubro de 2021 - 15:10 - Atualizado em 26 de outubro de 2021 - 15:11

Por Sudip Kar-Gupta

PARIS (Reuters) – Ativistas intervieram em uma cúpula financeira verde em Paris nesta terça-feira, dizendo que o presidente francês Emmanuel Macron não se mostrou sério no investimento para combater a mudança climática.

O governo Macron diz que está comprometido a cumprir suas metas para o clima, incluindo a neutralidade de carbono até 2050, alinhando-se ao Acordo de Paris de 2015 contra a mudança climática.

Os manifestantes protestaram pouco depois de um discurso do ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, e um ergueu um cartaz dizendo “Macron: defensor do financiamento dos combustíveis fósseis”, como mostraram imagens publicadas pelo grupo de ação Les Amis de la Terre na internet.

Le Maire disse que apoia a alocação da renda de impostos de combustíveis fósseis para financiar a transição para uma economia mais verde, uma ideia com a qual o governo acena desde o início do mandato de Macron.

“Se garantirmos que cada euro da renda de impostos sobre gasolina, diesel, gás e óleo de combustível será alocada… para a luta contra o aquecimento global, estou convencido de que isso facilitará o financiamento da transição ecológica e tornará o sistema tributário mais aceitável”, disse Le Maire.

Cerca de 18 ativistas acionaram alarmes, entoaram “Suas finanças, nossas vidas” e se queixaram da retórica “blá, blá, blá” que disseram ouvir do governo Macron, ecoando as palavras da ativista ambiental Greta Thunberg em um evento prévio à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP26) realizado na Itália no mês passado.

(Por Sudip Kar-Gupta e Matthieu Protard)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9P17D-BASEIMAGE