Notícias

Atividade da indústria da China cai em contração em novembro, mostra PMI do Caixin

Reuters
Reuters
Atividade da indústria da China cai em contração em novembro, mostra PMI do Caixin
Parque industrial de Shenyang, China

1 de dezembro de 2021 - 07:31 - Atualizado em 1 de dezembro de 2021 - 07:35

PEQUIM (Reuters) – A atividade industrial da China voltou a contrair em novembro uma vez que a demanda fraca, a redução do emprego e os preços elevados pesaram sobre o setor, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit.

O índice caiu a 49,9 em novembro de 50,6 no mês anterior, contra expectativa de analistas de 50,5 em pesquisa da Reuters. A marca de 50 separa crescimento de contração.

Analistas preveem que a desaceleração no Produto Interno Bruto vista no terceiro trimestre continuará no quarto, com expectativa de que a demanda permaneça fraca dada a prolongada pandemia da Covid-19.

O resultado da pesquisa privada, que foca mais em pequenas empresas em regiões costeiras, contrastou com o índice oficial divulgado na terça-feira, já que este mostrou que a atividade industrial cresceu pela primeira vez em três meses.

“A oferta no setor industrial se recuperou, enquanto a demanda enfraqueceu. A redução dos problemas no lado da oferta, especialmente da crise de energia, acelerou o ritmo da recuperação da produção”, disse Wang Zhe, economista sênior do Caixin Insight Group.

“Mas a demanda ficou relativamente fraca, suprimida pela epidemia de Covid-19 e aumento dos preços dos produtos.”

A produção expandiu em novembro pela primeira vez em quatro meses, enquanto as novas encomendas caíram em contração, mostrou a pesquisa do Caixin. As perdas de emprego também se aprofundaram.

(Reportagem de Stella Qiu e Gabriel Crossley)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB01TE-BASEIMAGE