Notícias

Ataque em Araçatuba custou R$ 600 mil; suspeito de financiar o crime foi preso

Com o suspeito, foram apreendidos carros de luxos e documentos que indicam seu envolvimento com organizações criminosas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Ataque em Araçatuba custou R$ 600 mil; suspeito de financiar o crime foi preso
(Foto: Reprodução)

8 de setembro de 2021 - 07:31 - Atualizado em 8 de setembro de 2021 - 07:33

Um suspeito de ser o financiador do mega-assalto em Araçatuba, no interior de São Paulo, no último dia 30, foi preso na madrugada desta quarta-feira (8), segundo a Polícia Civil. O homem de 33 anos, foi preso em Sorocaba e, ainda segundo a polícia, já tinha passagens por roubo e homicídio.

Com ele, foram apreendidos dois carros de luxo e documentos que indicam envolvimento com o crime organizado em diversos estados do país. Informalmente, o suspeito teria afirmado à Polícia Civil que a logística do ataque em Araçatuba, que deixou três mortos e cinco feridos, custou R$ 600 mil.

Também foram presos, por organização criminosa, a esposa do suspeito, de 40 anos, que já estava foragida por envolvimento com o tráfico de drogas, outro homem, de 25 anos, que apresentava passagens por roubo.