Notícias

Polícia prende suspeitos de assassinato em lava car do Xaxim, em Curitiba

Gerson Luis Ferreira de Castilhos Junior era amigo dos responsáveis pela sua morta; a motivação foi passional

Caroline
Caroline Berticelli / Editora com reportagem de Emanuel Pierin da RIC Record TV, Curitiba
Polícia prende suspeitos de assassinato em lava car do Xaxim, em Curitiba
Familiares reconheceram a moto de Rogério. (Foto: Reprodução/RIC Record TV)

18 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:55

A Polícia Civil prendeu três suspeitos de envolvimento no assassinato de Gerson Luis Ferreira de Castilhos Junior, de 24 anos, ocorrido no dia 20 de dezembro de 2019 em um lava car no bairro Xaxim, em Curitiba. (Assista reportagem abaixo)

Segundo o delegado Thiago Nóbrega, vítima e suspeitos eram amigos e o crime foi cometido porque Gerson teve um relacionamento amoroso passageiro com a ex-namorada do autor do crime. 

“Essa menina, ela teve um relacionamento com o autor, havia terminado já esse relacionamento, posteriormente teve um relacionamento com o Gerson, mas ele não havia contato isso pra amigo que ficou sentido, ficou magoado e acabou resolvendo matar”, explica Nóbrega. 

Os envolvidos deverão ser indiciados de acordo com sua participação no crime: um matou, outro emprestou a arma e o terceiro forneceu apoio logístico para o crime. 

“Infelizmente teve esse fim trágico, os quatro eram eram amigos, estudavam juntos, mas aí teve esse problema. começou uma intriga aqui, uma intriga ali e começaram a se desentender. O […] resolveu matar seu desafeto, contou para os amigos, sendo que um deles emprestou a arma e o outro indivíduo, que era motorista de aplicativo, fez a corrida até o local e depois deu a fuga.

Assista ao vídeo: