Esportes

Armadora da Seleção de handebol lamenta erros contra a Espanha

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de julho de 2021 - 02:43 - Atualizado em 29 de julho de 2021 - 03:15

A perda da invencibilidade no torneio olímpico de handebol não é motivo de desespero para a Seleção Brasileira feminina. No entanto, a ordem é corrigir os erros da derrota desta quinta-feira por 27 a 23 diante da Espanha, em uma partida que apresentou equilíbrio na maioria do tempo.

“Acabamos o primeiro tempo com o jogo empatado, mas pecamos em alguns momentos na defesa e, nos momentos decisivos, na finalização. Acho que isso talvez não tenha nos levado à vitória. Mas a competição continua e temos muito pela frente”, disse a armadora Bruna de Paula.

Com oito gols, Bruna foi a grande força ofensiva do Brasil contra as espanholas. A jogadora adota um discurso humilde, mas se coloca à disposição para ajudar nos momentos decisivos.

“Não é o meu objetivo ser o destaque, mas sei que posso dar o meu melhor quando o time precisa de mim”, explicou a armadora.

Agora, o Brasil volta a jogar no torneio olímpico de handebol feminino na sexta-feira, às 4h15 (de Brasília), contra a Suécia.