Notícias

Argentino investe R$ 100 mil para se transformar em elfo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

4 de maio de 2017 - 00:00 - Atualizado em 4 de maio de 2017 - 00:00

O argentino Luis Padron se denomina como “trans-espécie”. (Imagem: Reprodução/R7)

As intervenções cirúrgicas e estéticas passam pela mudança da cor dos olhos e até retirada das costelas

Após sofrer bullying na escola por conta de seu visual peculiar, um argentino gastou mais de R$ 100 mil reais em cirurgias para virar um elfo. Sim, você não leu errado.

Luis Padron, de 25 anos, era perseguido por usar roupas e cabelos coloridos. A mudança radical no visual foi definida por ele de maneira direta: “Quero ficar igual a uma criatura de outro mundo.”

Luis, que trabalha como ator, passou por intervenções estéticas que incluíram mudança da cor dos olhos, embranquecimento da pele e do cabelo e aplicação de botox, além de um tratamento para retirar espinhas e sardas.

Mas os procedimentos ainda não terminaram. Luis pretende fazer rinoplastia, lipoaspiração facial e depilação a laser no corpo todo. Mas o procedimento mais polêmico deve ser o de retirada das costelas, para que ele possa ficar com a cintura fina, assim como a mandíbula, que ele também pretende afinar. As orelhas vão passar por procedimento cirúrgico também: Luis quer cortá-las e deixá-las com um aspecto pontiagudo.

Quem acha que acabou por aí engana-se: Luis pretende aumentar sua altura, e, por isso, vai alongar as pernas também. O argentino, fã de livros e filmes de temática medieval, alega que cansou de ser chamado de “alma penada” e “monstro”, por causa da sua forma de se vestir, e optou pelas intervenções estéticas e cirúrgicas para escapar de um visual convencional e acabar com o bullying.

Luis se autodenomina como “trans-espécie”: “Existem os trans, que mudaram seu corpo. Eu quero mudar minha própria espécie, para ser algo original e único.”

Leia também
Dr. Rey fala sobre beleza brasileira, procedimentos estéticos e política

 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.