Notícias

Após queda de cavalo, comandante do Exército está com Covid-19

Reuters
Reuters
Após queda de cavalo, comandante do Exército está com Covid-19
.

2 de dezembro de 2020 - 20:37 - Atualizado em 2 de dezembro de 2020 - 20:40

BRASÍLIA (Reuters) – O comandante do Exército, general Edson Pujol, foi diagnosticado com Covid-19 quando deu entrada no Hospital das Forças Armadas no sábado último para se submeter a uma cirurgia de recuperação do fêmur após ter caído do cavalo, informou a Comunicação do Exército nesta terça-feira.

“Até o momento, encontra-se totalmente assintomático e seguindo em casa o protocolo de tratamento precoce sob orientação da equipe médica do HFA”, informou a nota.

Segundo o comunicado, Pujol “tem passado bem e, em relação à fratura no fêmur, já caminha com o auxílio de andador e realiza fisioterapia três vezes ao dia, o que tem proporcionado muito bons resultados”.

A nota disse ainda que Pujol tem mantido a rotina de teletrabalho como comandante do Exército em seu escritório residencial.

O governo contabiliza 14 dos 23 ministros, o presidente Jair Bolsonaro, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, entre outras autoridades, que contraíram coronavírus.

Em novembro, Bolsonaro reagiu à fala de Pujol e afirmou que as Forças Armadas devem permanecer apartidárias, mas destacou que têm de atuar “baseadas na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República”. O comandante do Exército havia defendido o distanciamento de militares da política.

(Reportagem de Ricardo Brito)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGB11Y9-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.