Notícias

Após estar em ato, deputado bolsonarista publica vídeo atacando antifascistas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

31 de maio de 2020 - 18:00 - Atualizado em 31 de maio de 2020 - 18:00

Após participar de um ato a favor do presidente Jair Bolsonaro na manhã deste domingo (31), na orla de Copacabana, zona sul do Rio, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) atacou e ameaçou manifestantes antifascistas em um vídeo publicado em sua conta no Twitter. A orla carioca foi palco de pequenos protestos contra e a favor do governo federal.

Silveira, que, durante a campanha eleitoral de 2018, foi fotografado quebrando uma placa em homenagem à vereadora carioca Marielle Franco (PSOL), assassinada em março daquele ano, transmitiu os atos ao vivo em suas redes sociais. À tarde, o deputado voltou às redes sociais para publicar o vídeo, cerca de duas horas após o presidente Bolsonaro republicar, também em sua conta no Twitter, uma imagem com uma publicação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na mesma rede social, na qual o americano afirma que o seu país vai passar a considerar grupos antifascismo como “organização terrorista”.

Silveira começa o vídeo, recheado de palavrões e gravado em “selfie”, aparentemente pelo celular, enquanto dirigia um veículo, dizendo que mandaria um “recadinho” para os “antifas”, “esses vagabundos, comunistas, que estão na rua o tempo todo”. “Tem muito policial armado nessas manifestações, que um dos vocês manifestantes antifascistas vai achar o de vocês”, afirma Silveira no vídeo. O deputado menciona os protestos em Copacabana. Silveira diz que “esperou” os manifestantes antifascistas para uma briga no local, mas eles foram “covardes”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.