Notícias

Aos 88 anos, morre Eliza Simioni, primeira vereadora de Cascavel

Além de ser a primeira mulher a ocupar uma vaga na Câmara de Vereadores, ela também foi a primeira profissional de saúde do sexo feminino a atuar no Oeste do Paraná

Julia
Julia Cappeletto / Estagiária com supervisão de Caroline Berticelli
Aos 88 anos, morre Eliza Simioni, primeira vereadora de Cascavel
Foto: Alerta Paraná

11 de agosto de 2021 - 15:03 - Atualizado em 11 de agosto de 2021 - 15:18

A primeira mulher a assumir um cargo de vereadora em Cascavel morreu na madrugada desta quarta-feira (11), aos 88 anos, em um hospital de São Paulo, no sudoeste do país. Eliza Aparecida Vieira Simioni, também foi a primeira mulher profissional de saúde de nível superior a atuar na região oeste do Paraná.

Com seu primeiro mandato em 1969, Eliza quase conseguiu o feito de ser prefeita de Cascavel, mas acabou ‘barrada’ pelo preconceito da época e a dificuldade na disputa entre os dois únicos partidos: Arena e MDB. Nas eleições de 68, em que a então candidata concorria a uma vaga na Câmara de Vereadores da cidade pelo MDB, a conquista foi de 659 votos, muitos deles de suas pacientes.

Eliza era ginecologista e atendia mulheres carentes de comunidades rurais. Em sua campanha, ela ressaltou a luta pela defesa da mulher, da saúde e da população carente.

Formação e trabalho

Nascida em 25 de setembro de 1933, na cidade de Itapetininga, em São Paulo, Eliza formou-se pela Escola de Medicina de São Paulo. Logo após se mudar para Curitiba, ela decidiu ir para o interior do Paraná trabalhar com a saúde aos menos favorecidos.

Com seu trabalho voluntário, atendendo mulheres e crianças em Cascavel, Eliza acabou sendo chamada para comandar o Ambulatório Municipal da cidade, e com isso, montou uma farmácia que distribuía amostras grátis.

Já durante a vida política, a qual foi convidada a participar pelo partido MDB, a vereadora e médica também foi responsável pela origem do movimento que trouxe o ensino superior ao Oeste do Paraná.