Agronegócio

VLI inicia novo fluxo ferroviário de fertilizantes de Santos para Minas Gerais

Reuters
Reuters
VLI inicia novo fluxo ferroviário de fertilizantes de Santos para Minas Gerais
VLI firma acordo com LD para transporte ferroviário de 500 mil t de celulose/ano

4 de agosto de 2021 - 14:59 - Atualizado em 4 de agosto de 2021 - 15:00

Por Roberto Samora

SÃO PAULO (Reuters) – A empresa de logística VLI iniciou um novo fluxo de transporte de fertilizantes por ferrovia entre o porto de Santos e Minas Gerais, substituindo integralmente o modal rodoviário na operação, informou a empresa à Reuters nesta quarta-feira.

O novo sistema, que passou a funcionar no final de julho, foi implementado após a construção de uma estrutura de carregamento de fertilizantes no terminal Tiplam, da VLI, que tem na Vale a maior acionista.

Inicialmente, a capacidade instalada da nova unidade no porto comportará a movimentação de 825 mil toneladas ao ano, informou a empresa de logística.

O sistema deverá atender a crescente demanda do agronegócio localizado na região do Triângulo Mineiro e ajudar na distribuição de fertilizantes no país, em momento em que as importações do insumo estão em disparada no Brasil, com a relação de troca favorável ao agricultor.

“Com a introdução deste novo sistema logístico, a VLI reforça o seu compromisso em atender o setor produtivo nacional com a singularidade que cada fluxo necessita”, disse o gerente de Desenvolvimento de Negócios da VLI, Alexandre Biller, em comunicado.

O novo fluxo de transporte integra um empreendimento da VLI e da TFER, joint venture entre a Link Logistic Group e a Construtora Terraço, em projeto que demandou investimentos de 107 milhões de reais das empresas envolvidas.

Pela nova rota, os fertilizantes serão carregados no Tiplam e percorrerão aproximadamente mil quilômetros por meio da malha da Ferrovia Centro-Atlântica (Corredor Centro-Sudeste).

O projeto, idealizado em parceria com o TFER, prevê ainda a implementação de um novo terminal no Distrito Industrial da Uberaba (MG) –a previsão de ativação dessa unidade é o quarto trimestre deste ano.

Até lá, as operações serão realizadas com destino ao Terminal VLI localizado no município de Araguari (MG).

Já o terminal TFER em Uberaba terá como objetivo realizar o transbordo ferroviário e armazenagem do fertilizante para atendimento dos mercados mineiro e goiano.

Além de otimizar a operação logística, o sistema deve proporcionar ganhos em custos e ambientais, uma vez que há redução das emissões provenientes do consumo de combustíveis derivados de petróleo, ressaltou a companhia.

(Por Roberto Samora)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH73169-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.