Agronegócio

Vietnã impõe tarifa antidumping de 47,64% a importações de açúcar da Tailândia

Reuters
Reuters

16 de junho de 2021 - 08:46 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 08:50

HANÓI (Reuters) – O Vietnã impôs uma tarifa antidumping de 47,64%, com validade de cinco anos, a alguns produtos da cadeia de açúcar da Tailândia, em substituição a taxas temporárias introduzidas em fevereiro, disse o Ministério de Indústria e Comércio do país nesta quarta-feira.

A decisão ocorre depois de o ministério concluir uma investigação antidumping iniciada no último mês de setembro em nome da indústria doméstica.

A investigação demonstrou que os embarques subsidiados de açúcar da Tailândia aumentaram 330,4% em 2020, para 1,3 milhão de toneladas, e que as importações estavam prejudicando a indústria doméstica do adoçante, disse a pasta em comunicado.

Em fevereiro, o ministério já havia aplicado uma tarifa temporária de 33,88% sobre o açúcar tailandês.

O vice-ministro do Comércio da Tailândia, Sansern Samalapa, disse à Reuters que a embaixada do país no Vietnã vai, inicialmente, responder ao movimento com uma objeção e pedir que o Vietnã inicie uma nova investigação para revisar as medidas no ano que vem.

“Vamos pedir que o Vietnã revise este tema novamente no ano que vem e abra uma nova investigação para confirmar que não praticamos ‘dumping’ no mercado, e pedir que diminuam a tarifa”, afirmou Sansern.

(Reportagem de Phuong Nguyen, em Hanói, e Panarat Thepgumpanat, em Bangcoc)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.