Agronegócio

VBP do Brasil tem recorde de R$871,3 bi em 2020; governo vê alta de 10,1% para 2021

Reuters
Reuters

14 de janeiro de 2021 - 19:30 - Atualizado em 14 de janeiro de 2021 - 19:35

SÃO PAULO (Reuters) – O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) do Brasil atingiu um recorde de 871,3 bilhões de reais em 2020, alta real de 17% frente ao ano anterior, impulsionado por soja, milho e carnes, afirmou o Ministério da Agricultura nesta quinta-feira.

Segundo a pasta, as lavouras tiveram faturamento de 580,5 bilhões de reais no ano passado, avanço de 22,2% na comparação anual, enquanto a pecuária atingiu 290,8 bilhões de reais, incremento de 7,9%.

O recorde anterior do VBP brasileiro era de 2015, quando alcançou 759,6 bilhões de reais.

O ministério afirmou em nota que os produtos que mais contribuíram para o resultado do ano passado foram o milho, que apurou crescimento real de 26,2%; a soja, com ganho de 42,8%; a carne bovina, com alta de 15,6%; e a carne suína, com avanço de 23,7%.

Principal produto de exportação do Brasil, a soja registrou faturamento de 243,7 bilhões de reais em 2020, informou o governo, acrescentando que o milho teve resultado de 99,5 bilhões de reais e a carne bovina, de 126,3 bilhões de reais.

Segundo o coordenador da pesquisa do VBP, José Garcia Gasques, o resultado está diretamente ligado aos preços dos produtos no mercado interno, às exportações favoráveis para grãos e carnes e à produção da safra de 2020.

O Brasil verificou firme demanda por seus produtos agrícolas no ano passado, especialmente da China. As exportações foram apoiadas também pela forte desvalorização do real frente ao dólar, tornando as commodities brasileiras mais competitivas no mercado internacional.

Para 2021, as primeiras estimativas do Ministério da Agricultura apontam para novo recorde no VBP, com alta de 10,1% na comparação anual –tomando como base o patamar de 2020, a cifra ficaria abaixo da casa de 1 trilhão de reais, que chegou a ser projetada pelo governo no mês passado.

“O ranking dos principais produtos em 2021 aponta para a soja, milho, café e algodão, responsáveis por 82,6% do faturamento esperado para as lavouras”, disse a pasta.

“Na pecuária, bovinos, frangos e leite devem liderar os resultados do VBP, com participação em 85,9% do faturamento”, acrescentou.

(Por Gabriel Araujo)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.