Agronegócio

Trigo recua em Paris com chuvas favoráveis à safra da França e pressão vendedora

Reuters
Reuters

10 de maio de 2021 - 14:53 - Atualizado em 10 de maio de 2021 - 14:55

HAMBURGO (Reuters) – O trigo negociado na Euronext apurou forte queda nesta segunda-feira, à medida que o registro de chuvas aliviou preocupações relacionadas à safra da França e em meio a uma rodada de realização de lucros, na esteira dos ganhos acentuados vistos na semana passada.

O contrato setembro do trigo para moagem na Euronext fechou em queda de 8 euros, ou 3,4%, a 224,00 euros (272,60 dólares) por tonelada, segundo dados preliminares. O vencimento havia saltado quase 6% na última semana.

As precipitações registradas na França ao longo do final de semana, somadas a previsões de novas chuvas para esta semana, aliviaram temores com a seca na maior produtora de grãos da União Europeia. Também há perspectivas de chuvas nos Estados Unidos, no Mar Negro e nas regiões produtoras de milho do Brasil.

“Não há mais um estresse imediato para as safras de trigo”, disse um operador de contratos futuros.

Operadores também monitoravam o vencimento do contrato maio do trigo nesta segunda-feira, em meio a rumos de um possível recorde nas entregas de volumes físicos.

Até sexta-feira, haviam sido registrados certificados de armazenagem para mais de 300 mil toneladas. Operadores afirmaram que a disponibilidade limitada e os preços elevados no mercado físico podem ter encorajado exportadores e produtores de ração a tomar as entregas via Euronext, embora alguns certificados possam ser cancelados em meio a um mercado volátil.

O contrato maio teve alta de 1,1%, a 246,50 euros por tonelada, segundo informações preliminares.

Na sexta-feira, o vencimento chegou a bater a marca de 270 euros, maior patamar para o primeiro contrato desde dezembro de 2012.

(Reportagem de Michael Hogan e Gus Trompiz)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447745))

REUTERS GA LC

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.