Agronegócio

Taxa de exportação do trigo da Rússia deve ter queda brusca no início de junho

Reuters
Reuters

28 de maio de 2021 - 16:30 - Atualizado em 28 de maio de 2021 - 16:35

Por Polina Devitt

MOSCOU (Reuters) – A taxa de exportação do trigo na Rússia deve cair bruscamente no período de 2 a 8 de junho, afirmou o Ministério da Agricultura nesta sexta-feira, ao definir o preço da sua tarifa baseada em uma fórmula.

A Rússia, um dos maiores exportadores de trigo do mundo, decidiu neste ano impor permanentemente uma taxa de exportação para o cereal com uma fórmula-base, como parte de um conjunto de medidas que o governo espera que irá ajudar a estabilizar a inflação doméstica de alimentos.

A taxa de exportação do trigo será de 28,1 dólares por tonelada, com início de 2 a 8 de junho, afirmou o ministério. As tarifas de embarque da cevada e do milho estão em 39,6 dólares e 52,2 dólares por tonelada, respectivamente.

O valor da taxa de exportação de trigo no período significa uma redução ante os atuais 50 euros (61 dólares).

A decisão também representa um aumento significativo das taxas de cevada e milho no mesmo intervalo, em relação aos atuais 10 euros e 25 euros por tonelada, respectivamente.

A fórmula-base dos preços é determinada pelo Ministério da Agricultura semanalmente, baseada em valores que operadores estão relatando.

(Reportagem de Polina Devitt)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.