Agronegócio

SovEcon eleva previsão para safra de trigo 2021 da Rússia

Reuters
Reuters

13 de maio de 2021 - 17:12 - Atualizado em 13 de maio de 2021 - 17:15

MOSCOU (Reuters) – A consultoria agrícola SovEcon afirmou nesta quinta-feira que elevou sua previsão para a safra de trigo 2021 da Rússia em 1 milhão de toneladas, para 81,7 milhões de toneladas, devido a uma área de colheita maior do que o esperado.

A Rússia compete com a União Europeia pela posição de maior exportadora de trigo do mundo. Turquia, Egito e Bangladesh são os maiores compradores do cereal do país.

“O clima tem sido favorável para as perspectivas da nova safra de trigo nas últimas semanas”, disse Andrey Sizov, da SovEcon, em nota. “Vemos boas reservas de umidade em quase todas as regiões de trigo”.

Os produtores realizarão a colheita do trigo de inverno em 17 milhões de hectares neste verão (do Hemisfério Norte), e não em 16,8 milhões de hectares, como previsto anteriormente, afirmou a Sovecon.

Além disso, a consultoria também aumentou a estimativa de produtividade do trigo de inverno para 3,50 toneladas por hectare (t/ha), versus 3,48 t/ha anteriormente, devido ao clima favorável nas regiões do sul da Rússia, principal área de produção de trigo do país.

A estimativa da SovEcon para a área de plantio de trigo de primavera na Rússia permanece em 12,7 milhões de hectares, com uma produtividade de 1,75 t/ha.

A previsão para a safra de grãos 2021 do país foi elevada em 700 mil toneladas, para 129,2 milhões de toneladas, incluindo 19,7 milhões de toneladas de cevada e 14,4 milhões de toneladas de milho.

(Reportagem de Polina Devitt)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.