Agronegócio

Soja e milho têm rali em Chicago após dados do USDA

Reuters
Reuters

31 de março de 2021 - 19:14 - Atualizado em 31 de março de 2021 - 19:15

Por Christopher Walljasper

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros de soja e milho negociados em Chicago dispararam nesta quarta-feira, atingindo os limites diários de alta, após o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) publicar dados abaixo do esperado para as intenções de plantio no país.

O trigo acompanhou a alta, apesar dos estoques trimestrais do cereal nos EUA ficarem acima das expectativas, conforme relatório do USDA.

O contrato mais ativo da soja fechou em alta de 70 centavos de dólar, a 14,3675 dólares por bushel, apurando o maior ganho diário desde maio de 2016.

O milho avançou 25 centavos, para 5,6425 dólares o bushel, enquanto o trigo subiu 16,25 centavos, a 6,18 dólares/bushel.

Para a sessão de quinta-feira, o limite diário para as negociações do milho será expandido para 40 centavos, enquanto o limite para as movimentações da soja passará a ser de 1,05 dólar, segundo o CME Group.

Os agricultores norte-americanos planejam semear 91,144 milhões de acres com milho neste ano –maior nível desde 2016– e 87,600 milhões de acres com soja, máxima desde 2018, de acordo com o USDA. Ambas as estimativas, porém, ficaram bem abaixo das expectativas de analistas, que apontavam para 93,208 milhões de acres de milho e 89,996 milhões de acres de soja.

“Com essa pouca área e com o quão apertados estão os estoques, isso indica apenas que se tivermos qualquer tipo de seca neste verão (do Hemisfério Norte), estaremos em sérios problemas no mercado de grãos”, disse Mark Gold, sócio-gerente da Top Third Ag Marketing.

(Reportagem adicional de Naveen Thukral e Sybille de La Hamaide)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.