Agronegócio

Soja e milho avançam após dias de perdas; trigo recua

Reuters
Reuters
Soja e milho avançam após dias de perdas; trigo recua
Milho importado do Brasil em armazém no porto de Tuxpan, México

26 de julho de 2021 - 18:29 - Atualizado em 26 de julho de 2021 - 18:30

Por Stephanie Kelly

NOVA YORK (Reuters) – A soja e o milho negociados em Chicago avançaram nesta segunda-feira, após operadores apontarem que ambos os mercados estavam sobrevendidos, enquanto a seca que contínua nas planícies do norte ajudaram a impulsionar ainda mais os contratos futuros.

Os preços do trigo, entretanto, recuaram.

O clima quente e seco no meio-oeste dos Estados Unidos levantou preocupações sobre as perspectivas para as safras de milho e soja.

“Estamos um pouco mais secos para o norte do meio-oeste e oeste do cinturão do milho, o que tem apoiado o comércio”, afirmou Terry Reilly, analista sênior da Futures International em Chicago.

O contrato futuro mais ativo da soja para novembro fechou em alta de 6 centavos a 13,5775 dólares por bushel após atingir anteriormente uma mínima de duas semanas a 13,32 dólares.

A marca de referência dos futuros do milho para dezembro avançou 3,75 centavos para 5,4675 dólares por bushel. Mais cedo o contrato recuou para 5,3225 dólares o bushel, uma mínima desde 13 de julho.

O trigo para setembro fechou em queda de 7 centavos, a 6,77 dólares por bushel, aliviando a fraca demanda de exportação de oferta dos EUA e expandindo a colheita na região do Mar Negro.

(Reportagem de Stephanie Kelly; Reportagem Adicional de Nigel Hunt e Naveen Thukral)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6P1GU-BASEIMAGE