Agronegócio

Semeadura de soja vai a 70% da área, diz AgRural; replantio pode superar 300 mil ha

Reuters
Reuters

16 de novembro de 2020 - 10:49 - Atualizado em 16 de novembro de 2020 - 10:50

SÃO PAULO (Reuters) – A semeadura da safra de soja 2020/21 do Brasil alcançou 70% da área estimada até 12 de novembro, acima do ritmo médio dos últimos anos, apontou a consultoria AgRural em boletim nesta segunda-feira, no qual indicou também projeções sobre necessidade de replantio devido à escassez de chuvas.

De acordo com a AgRural, várias áreas foram ou serão replantadas devido a problemas de germinação causados pela falta de umidade, em um total que pode ultrapassar 300 mil hectares em todo o país, com destaque para Mato Grosso.

A consultoria ressaltou, no entanto, que é cedo para se falar em perdas de produtividade.

A semeadura de soja, que avançou 14 pontos percentuais em uma semana, está acima da média de cinco anos para o período, de 69%, ainda segundo a empresa.

“Apesar do registro de pancadas de chuvas em vários pontos do país, os volumes seguem abaixo do ideal em regiões que vêm sofrendo com a falta de umidade desde o início do plantio, com destaque para áreas de Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul, os três maiores produtores”, afirmou.

A AgRural estimou no final de outubro que a área a ser plantada com soja na safra 2020/21 do Brasil deve atingir 38,3 milhões de hectares, com alta de 3,6% na comparação anual. A produção potencial foi estimada em 132,2 milhões de toneladas.

A consultoria disse que revisará esses números novamente ao final de novembro.

(Por Luciano Costa; Edição de Maria Pia Palermo)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.