Agronegócio

Safra de grãos da Ucrânia pode recuar para 65 mi t em 2020, diz vice-ministro

Reuters
Reuters

25 de novembro de 2020 - 15:31 - Atualizado em 25 de novembro de 2020 - 15:35

KIEV (Reuters) – A safra de grãos da Ucrânia poderá recuar para 65 milhões de toneladas em 2020, ante um recorde de 75 milhões de toneladas em 2019, disse nesta quarta-feira o vice-ministro da Economia do país, Taras Vysotskiy.

Anteriormente, o ministério projetava a safra ucraniana em 68 milhões de toneladas. Vysotskiy não citou motivos para a redução na expectativa.

Ele disse que a Ucrânia concluiu as colheitas de trigo e cevada de 2020, produzindo 25 milhões e 8 milhões de toneladas, respectivamente.

Vysotskiy afirmou ainda que os agricultores seguem realizando a colheita de milho e que a produção pode totalizar 30 milhões de toneladas.

Em 2019, a Ucrânia colheu 28,3 milhões de toneladas de trigo, 35,9 milhões de toneladas de milho e 8,9 milhões de toneladas de cevada.

O ministério disse nesta semana que, até 23 de novembro, a Ucrânia havia colhido 60,9 milhões de toneladas de grãos em 14,7 milhões de hectares, ou 96% da área plantada.

(Reportagem de Pavel Polityuk)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.