Agronegócio

Rússia planeja reduzir tarifa de exportação de soja a partir de 1º de julho

Reuters
Reuters

30 de abril de 2021 - 17:34 - Atualizado em 30 de abril de 2021 - 17:40

MOSCOU (Reuters) – A Rússia planeja reduzir sua tarifa de exportação de soja para 20%, com um nível mínimo de 100 dólares por tonelada, a partir de 1º de julho, disse o Ministério da Economia do país em comunicado publicado nesta sexta-feira.

A taxa atual é de 30%, com um mínimo de 165 euros (200 dólares) por tonelada.

A Rússia é uma produtora de soja relativamente pequena em comparação com os líderes globais, mas a indústria e as exportações para a China são importantes para a economia das regiões do extremo leste do país.

“No desenvolvimento da decisão, levamos em conta as preocupações levantadas pelos produtores de soja do extremo leste da Rússia”, disse o ministério.

A nova taxa vai vigorar até setembro de 2022 e “permitirá que os produtores do extremo leste exportem soja, ao menos em quantidades que não têm demanda na Rússia”, acrescentou a pasta.

(Reportagem de Darya Korsunskaya)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.