Agronegócio

Raízen planeja levantar R$6,9 bi em IPO

Reuters
Reuters
Raízen planeja levantar R$6,9 bi em IPO
Colheita de cana-de-açúcar

14 de julho de 2021 - 09:29 - Atualizado em 14 de julho de 2021 - 09:30

SÃO PAULO (Reuters) – A brasileira Raízen, joint venture entre Shell e Cosan, planeja levantar cerca de 6,9 bilhões de reais em uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), indicou documento ao mercado nesta quarta-feira.

A companhia afirmou que o intervalo de preço para o IPO foi estabelecido entre 7,40 reais e 9,60 reais por ação, o que dará à empresa um valuation de 73 bilhões a 98 bilhões de reais, conforme antecipado pela Reuters na véspera.

A Raízen disse que pretende utilizar os recursos da oferta para construir novas plantas para expansão de produção, investir em infraestrutura de armazenamento e aumentar a produtividade.

O sindicato para o IPO possui 11 bancos de investimento, incluindo as unidades de BTG Pactual, Citigroup, Bank of America, Credit Suisse, JPMorgan, Bradesco, Santander Brasil, XP Investimentos, HSBC, Safra e Scotiabank.

(Por Carolina Mandl)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6D0NC-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.